sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Para você que se foi e sempre estará aqui.

Como conviver com a dor de te perder?
Como querer respirar?
Olho pro lado e só vejo vazios onde antes tudo estava preenchido.
A vida não existe sem seu cheiro, seus beijos, nosso sexo e gozo.
Nada mais reluz.
Não há mais luz na escuridão,.
Estou só e abraçada com a dor da morte que é viver sem você ao meu lado.


Fim

Como reencontrar o sentido na vida depois de encontrar e te perder?

Fim.

Somos todos inquebráveis até sermos abandonados. 

domingo, 19 de janeiro de 2020

Medo

Não me assusta o fim.
Me assusta ser o fim, sem possibilidade de recomeço. 
Medo de nunca mais me (re) encontrar.
Medo de não haver amanhã. 
Medo de nunca mais conseguir sorrir.
Medo de nunca mais me encantar pelo banal.
Medo de nunca mais ver poesia onde só há pedra.
Medo de nunca mais ver o mundo a cores e continuar a ve-lo em preto e branco.
Medo do nunca mais.
Medo de carregar esse sofrimento e dor por toda uma eternidade e muitas outras.
Isso sim me assusta: ter a luz roubada e ser condenada a viver na escuridão. 

quinta-feira, 2 de janeiro de 2020