quinta-feira, 7 de junho de 2018

Tretas, nudes e perseguições: a corrida pela fama no Twitter.


Percebi que muitas pessoas postam nudes no Twitter, se envolvem em discussões, tretam, falam mal de outras... pra ganhar visibilidade, fama e seguidores; querem fazer sucesso no Twitter, já que na vida não foi possível.
É um escape. Muito mais fácil projetar seu fracasso como sucesso nas redes sociais. Afinal, todo mundo, no fundo, quer seu minutinho de fama e glória.

Nudes podem sim ser reflexo duma solidão afetiva, carência, faltas.
O exibicionismo para clamar atenção para si, que oculta tantas ausências, autoestimas destruidas, vidas e relações extremamente insatisfatórias.
As pessoas se comportam despudoramente com gifs, nudes, exibições no CameraPrive, mas se doem quando são identificadas com o que postam.
E essas postagens e comportamentos envolvem muitas faltas. 
É muita insatisfação com a vida afetiva e sexual com o parceiro atual. 
É muita solidão das que gostariam, mas não têm o que gostariam. 
É muito.

Quem agride está gritando ao mundo seu desespero, sua raiva, sua frustração, sua solidão, sua insatisfação, sua inveja e muitas vezes, seu fracasso.

Sobre revoltas e falta de amor e vínculo nas relações.

Eu percebo que os perfis mais revoltados no Twitter e na vida são pessoas sem amor, que não tiveram o grande presente da vida de, em algum momento ou em muitos, receber este sentimento tão forte e poderoso, transformador.

Sim, ter sido uma criança amada faz toda diferença lá na frente. Especialistas sabem muito bem disso. 

Faz diferença em cada vínculo, e na impossibilidade de, também. Nos faz mais amorosos ou não. Faz diferença na crença ou na descrença. No olhar pro outro. Na generosidade.

Uma criança mal amada, que sofre violência e/ou abusos, cresce revoltada com o mundo e com todos. 

A falta de amor destrói mais que o excesso.

Conselho aos agressores nas redes sociais e no real

Desfoque seu ódio por nunca ter recebido amor pelas pessoas que sempre receberam e continuam recebendo e oferecendo.
Cuide desse coração amargo. 
É o conselho que eu daria aos agressores virtuais e reais.
Ninguém encontra o amor se estiver plenamente satisfeito, feliz, realizado e rico. 
Só encontramos o amor na falta.
Existe amor sem desejo.
Existe desejo sem amor.
E existe amor com muito desejo. Está feito o estrago.
Amor é repetição e permanência.
É rotina, como bem diz .
Transar sem amor: meter, gozar e não ver a hora de ir embora. 
Transar com amor: meter, gozar, repetir, permanecer e não querer ir embora ou que o outro vá nunca mais.
Existe transa fora do namoro ou casamento? Existe. 
É boa? Certamente. 
Mas quem quer ficar ali? Ninguém.